11
Ago 09
publicado por Barbara Barroso, às 00:00link do post | comentar

Com as taxas Euribor em mínimos históricos será esta uma boa altura para fixar a taxa, no crédito à habitação? Depende da perspectiva de evolução dos juros e da taxa fixa que o seu banco lhe oferecer. Para uma pessoa que se queira proteger de oscilações dos juros, pelo menos nos próximos anos, esta poderá ser uma boa altura. No entanto, é importante frisar que trata-se de uma escolha que cabe a cada pessoa.

 
Apesar das taxas fixas praticadas variarem de banco para banco é possível chegar a um valor médio de uma taxa fixa de 4,3% (acrescido de 'spread' de 1,8%).
 
Desta forma, um cliente com um crédito à habitação de 100 mil euros a 30 anos, se optasse por fixar a taxa durante cinco anos, teria uma prestação mensal de 605,99 euros. Para o mesmo caso, mas se o cliente optasse por indexar o empréstimo à Euribor a seis meses, acrescida de um 'spread' de 1,8%, estaria a pagar 422,30 euros. Feitas as contas, significa uma diferença de 183,70 euros na prestação. Ao final de um ano, optar pela taxa fixa custaria mais 2.204,36 euros, em relação ao empréstimo indexado à taxa Euribor. É este o preço para, durante cinco anos, não ter de se preocupar com a eventual subida dos juros.
 
Embora a diferença, à partida, pareça não compensar, tudo dependerá da evolução da Euribor, neste caso, nos próximos cinco anos. Caso a Euribor ultrapasse este valor, e o cliente e fixasse hoje a taxa já estaria a ganhar. Recorde-se que, em Outubro do ano passado, as taxas Euribor chegaram a ultrapassar a fasquia dos 5%.
 
Taxa fixa praticada pelos principais bancos:
 
CGD - taxa fixa de 2 a 40 anos. As taxas começam nos 2,1% e vão até 4,35%, tendo de ser acrescidas ainda do 'spread'.
BCP - oferece apenas taxa fixa a 5 anos. A taxa é de 3,30%, à qual tem de se acrescer o 'spread'.
BES - taxa fixa de 2 anos até 40 anos. As taxas começam nos 2,397%, já com um 'spread' de 0,6 incluído.
Santander - apenas tem taxa fixa a 5 anos, com uma taxa de 2,873%, à qual é acrescido o 'spread', que varia entre 0,7% e 2,4%.
Montepio - taxa fixa de 2 a 15 anos, variando de um mínimo de 3,8% e 7,65% (já com os 'spreads' incluídos).
Crédito Agrícola - taxa fixa de 3 a 15 anos. As taxas variam entre 3,35% e 6,9% (já com 'spread' incluído).
Barclays - taxa fixa entre 2 e 30 anos. Actualmente tem uma campanha para taxa fixa a 1 ano.
BBVA - taxa fixa de 3 até 30 anos. A taxa máxima pode atingir os 5,9%, já com spread incluído.

Começo por felicitá-la por este blogue. No entanto, relativamente a este post, gostaria de apontar o seguinte: o exemplo que apresenta para o cenário de taxa fixa ("um cliente com um crédito à habitação de 100 mil euros a 30 anos, se optasse por fixar a taxa durante cinco anos, teria uma prestação mensal de 605,99 euros") está calculado com base na taxa anual nominal de 6,1% (ou seja, 4,3%+1,8% de spread), o que é contraditório com o que diz antes ("taxa fixa de 4,3% (já com 'spread' de 1,8%)"). Confirma?
Rogério Matias a 28 de Agosto de 2009 às 18:08

Rogério, tem razão. Obrigada pelo reparo. Já corrigi. À taxa de 4,3% terá de ser acrescido o 'spread' de 1,8% e, dessa forma, a taxa nominal será assim 6,1%.

o livro

19 passos para sobreviver à crise
pesquisar neste blog
 
barbara barroso
Bárbara Barroso é jornalista do Dinheiro Vivo, o jornal digital de economia da Controlinveste (plataforma que engloba o DN, JN e TSF). Licenciada em Ciências da Comunicação e da Cultura, fez um Curso Intensivo de Banca, ministrou vários workshops sobre finanças pessoais, investimentos e orçamentos familiares e está a terminar uma certificação em em consultoria financeira pessoal (Certified Financial Planner – CFP), pela Universidade de Boston. Como jornalista foi coordenadora de economia do jornal i e redactora de finanças do Diário Económico, onde desenvolveu o suplemento de finanças pessoais deste jornal. Teve uma rubrica diária sobre poupança na rádio fi fm. Em 2009, lançou o seu primeiro livro: 19 Passos para Sobreviver à Crise. Em 2011 apresenta a sua segunda obra: Tempos Complicados, Soluções Simples - Saiba Como gerir Melhor o Seu Dinheiro.
ver perfil
Dúvidas e sugestões
Simuladores
Pode simular AQUI, quanto vai pagar de crédito à habitação.
Pode calcular AQUI quanto tem de poupar por mês.