25
Mai 09
publicado por Barbara Barroso, às 00:00link do post | comentar

Transferir um Plano Poupança Reforma (PPR) de uma instituição para outra vai passar a ter uma comissão máxima de 0,5%, no caso dos PPR sob a forma de contrato de seguro. Já os fundos de PPR passam a ficar isentos de qualquer tipo de comissão de transferência. Com esta medida, que entra em vigor a partir de 21 de Julho, os investidores poderão transferir o seu PPR para outro mais vantajoso sem grandes penalizações.

 

Segundo mostram os dados do Instituto de Seguros de Portugal, alguns PPR  cobram comissões de tranferência muito elevadas que podem ascender a 5%, e há mesmo situações em que a comissão ascende a 9% do valor a resgatar. Um encargo que acaba por afastar os investidores de transferirem as suas poupanças para outro PPR. Afinal, tendo em conta a rendibilidade média de 3% dos seguros PPR, em 2008, em algumas situações a transferência iria mesmo custar o retorno do produto de poupança.

 

Mas é importante reter que os PPR têm mais comissões associadas e que o decreto-lei apenas vem limitar as comissões de transferência.

 

Veja na tabela quanto pagaria de comissão de transferência, para um PPR com 5.000 euros.

 

 

PPR com 5.000 euros capitalizados
Comissão de transferência 0,5% 2,5% 5% 9%
Valor da comissão pago em euros 25 € 125 € 250 € 450 €

o livro

19 passos para sobreviver à crise
pesquisar neste blog
 
barbara barroso
Bárbara Barroso é jornalista do Dinheiro Vivo, o jornal digital de economia da Controlinveste (plataforma que engloba o DN, JN e TSF). Licenciada em Ciências da Comunicação e da Cultura, fez um Curso Intensivo de Banca, ministrou vários workshops sobre finanças pessoais, investimentos e orçamentos familiares e está a terminar uma certificação em em consultoria financeira pessoal (Certified Financial Planner – CFP), pela Universidade de Boston. Como jornalista foi coordenadora de economia do jornal i e redactora de finanças do Diário Económico, onde desenvolveu o suplemento de finanças pessoais deste jornal. Teve uma rubrica diária sobre poupança na rádio fi fm. Em 2009, lançou o seu primeiro livro: 19 Passos para Sobreviver à Crise. Em 2011 apresenta a sua segunda obra: Tempos Complicados, Soluções Simples - Saiba Como gerir Melhor o Seu Dinheiro.
ver perfil
Dúvidas e sugestões
Simuladores
Pode simular AQUI, quanto vai pagar de crédito à habitação.
Pode calcular AQUI quanto tem de poupar por mês.